12.8.17

[Atualizado] Novas fotos de Robert Pattinson para USA Today

NEW YORK — Nem sempre os loiros têm mais diversão.
Robert Pattinson aprendeu da forma mais difícil quando teve de descolorir seu cabelo para interpretar o amoral Connie Nikas, um bandido de Nova York que rouba um banco por acaso e que tenta tirar o seu irmão da prisão, em "Good Time". "Foi brutal, pensei que ia estar muito mais na moda do que estava," lamenta Pattinson, depois de meses alterando entre um permanente e peróxido hidrogeno, "o teu cabelo já não é cabelo, é apenas produtos químicos."

O cabelo caiu temporariamente. Pattinson tem agora os seus cabelos desarrumados dentro de um boné virado para trás enquanto come salada ("Tem muito limão!") no pátio do Bowery Hotel em Manhattan. Bebendo grandes quantidades de água e café ("Sou um bebedor compulsivo."), fala suavemente sobre "Good Time", que lhe concedeu as melhores criticas da carreira quando estreou no Cannes Film Festival no início do verão.

Pattinson, 31 anos, que se tornou um galã internacional ao interpretar o vampiro Edward Cullen na saga "Twilight", tomou um caminho mais ambicioso quando a série terminou em 2012, trabalhou com diretores como James Gray (The Lost City of Z), David Cronenberg (Cosmopolis) e Werner Herzog (Queen of the Desert). Enviou e-mails aos diretores e irmãos Josh e Benny Safdie após ver um imagem online do seu drama de 2014, "Heaven Knows What" e se encontrou com eles em Los Angeles meses antes do roteiro de "Good Time" estar sequer escrito.

RP: "Nós vimos, 'Oh wow, ele está agarrando pessoas muito interessantes para trabalhar' e foi uma honra que ele estivesse olhando para nós no meio daquele grupo." diz Josh.

RP: "Poderia apenas dizer que quando ele disse que queria estar envolvido e avançar profundamente, não estava falando à toa." adicionou Benny, que interpreta Nick, o irmão mentalmente incapacitado de Connie.

Pattinson ficou atraído pela confusão de Connie, mas nunca superou as suas motivações. Ele considera o personagem um criminoso "inatamente narcisista" e "fundamentalmente criminoso", que tira dinheiro e proveito da sua namorada (Jennifer Jason Leigh) e de uma adolescente (Taliah Webster) e não pensa duas vezes para as atirar para baixo de um ônibus.


RP: "Eu nunca vejo um filme e penso, 'Oh, eu posso mesmo simpatizar com aquele tipo.' Eu não quero saber," Pattinson ri-se. "Se alguém não é interessante, não quero saber."


Pattinson veio para Queens, Nova York, dois meses antes das filmagens começarem no ano passado para se conectar com o mundo de Connie. Ele visitou ex-presidiários e conversou com polícias prisionais de Manhattan, onde foi em personagem para se tentar ambientar. O ator também foi metódico com Benny, escrevendo-lhe falsa correspondência prisional e improvisando brigas numa lavagem de carros local e em uma Dunkin' Donuts. Para seu alivio, ninguém o reconheceu.

RP: "Se alguém vê dois adultos tendo uma interação estranha um com o outro, ignoram" diz Pattinson. Os paparazzi e os seus fãs (conhecidos como "Twihards") também foram enganados: "Não havia uma única fotografia de celular minha naquele tempo todo. Estava tão preocupado com isso acontecendo, porque adorei a ideia do filme se misturar com a realidade e haver pessoas na rua reagindo a você."

Pattinson é continuamente imprevisível nos seus projetos futuros, protagonizará os novos filmes das diretoras estrangeiras Claire Denis e Joanna Hogg. O britânico divide o seu tempo entre Londres e Los Angeles com sua namorada FKA twigs e diz que muita da atenção indesejada adquirida em "Twilight" diminuiu em parte graças à sua habilidade de fugir dos radares.

RP: "Se está em Londres no inverno, usar calções, óculos de sol escuros e um boné virado para trás, todas as pessoas ficam 'Oh, é apenas algum australiano.' " diz Pattinson. "Aprendi coisas diferentes em cidades diferente. Mas talvez o faça sem nenhuma razão e estou completamente bem. A paranoia dentro de mim definitivamente morreu um pouco."


Robert Pattinson para USA Today


Fonte  | Via: 12 | Robcecadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário